Críticas, Games, Sem categoria

O Mercado de Jogos Crossplay

Anos atrás, grande parte dos jogadores não acreditavam em uma possibilidade de jogos multiplataforma conectados entre si ou, pelo menos, não sabiam que isso era possível. Hoje, com a influência de grandes pioneiras do mercado de jogos, percebemos que essa tática pode abrir muitas portas na área, agregando tanto no lucro das empresas quanto na conveniência dos jogadores, e é disso que falaremos hoje, Crossplay, nova tendência?

 

Do significado à fama!

O significado da palavra Crossplay pode ser resumido por um sistema de jogatina multiplataforma entre games, assim você e outro jogador podem jogar o mesmo jogo em consoles diferentes por exemplo.

Esse recurso estava na “tumba”, ignorado, sendo raramente usado em jogos, porém franquias atuais como Hearthstone e Fortnite serviram como o impulso necessário que o mercado e, principalmente, os jogadores precisavam para conhecer mais a fundo essa função, e ao longo do tempo, foram percebendo a relevância dessa função no cenário e  de que forma as developers poderiam fornecer tal coisa.

No mercado atual, as três grandes empresas que dominam a demanda de aparelhos, são, respectivamente, a Nintendo, Xbox e Playstation, arrancando juntas a maior fatia de jogadores no mundo. Com esse privilégio, existiam certos receios em compartilhar suas clientelas de jogadores com as das rivais, especialmente para a Sony, que agarra a maior parte de vendas de consoles. Como resultado da pressão constante da comunidade e consequentemente das produtoras em atender tais requisitos, a Nintendo e Xbox tomaram a dianteira nesse quesito, vinculando tais funções também para computadores e aparelhos celulares, e é com essa estratégia de mercado, que essas duas marcas criaram, que influenciaram cada vez mais os jogadores a difundir tal cultura, fazendo com que a Sony com a Playstation mude suas políticas e aderindo para tal recentemente, espantando a comunidade, que não esperava uma mudança de posicionamento da pioneira tão rapidamente.

Então o que podemos concluir com isso tudo?

Bem, com toda essas situações entre: a cobrança dos jogadores, das desenvolvedoras e o receios das empresas de consoles, a comunidade de games ainda passa por uma transição lenta de adaptação a esses recursos, com ainda alguns problemas e inconsistências, porém, normal para um recurso jovem como esse, ao longo do tempo o serviço tende a trazer benefícios para a comunidade como um todo, juntando-a, afastando problemas como por exemplo: jogar com amigos de outros consoles, tempos de espera em modos multiplayers e no incentivo de vendas, ainda há muito pela frente e muito que as desenvolvedoras podem usar de tal recurso, nesse intervalo, é importantíssimo um apoio contínuo da comunidade no quesito, para que com isso, tornemos esse receio das desenvolvedoras em possibilidades para os jogadores futuramente.


Por Caio Felipe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s