Contos, Críticas, Literatura

LIMIAR – Jessica Warman

 “A verdade entre a vida e a morte”. Uma simples frase nunca descreveu tão bem um livro como esse, onde a historia inicia com o fim de uma vida.

 Liz, uma garota popular com a vida perfeita se dá conta do seu fim inesperado numa madrugada pós-festa em um barco com até então seus melhores amigos, ao lado do barco seu corpo, tão frio quanto a própria água gelada que o fazia bater batia na proa enquanto boiava. Agora, aqui está ela, entre a vida e a morte, numa espécie de limbo, vivendo como um fantasma entre os vivos, sem poder interagir, apenas escutar as verdades e mentiras, e observar as máscaras caírem ao seu redor. Após um tempo descobre que não está só, um garoto, Alex que também foi morto, porém um ano antes num acidente de carro. Ele à ajuda a entender melhor o que está acontecendo, explica sobre as habilidades de rever lembranças do seu passado para entender melhor o presente, a maldição de vier com as roupas com as quais morreu e, o mais importante, fala que ela só poderá “seguir em frente” quando a verdade for revelada. Juntos, Liz e Alex, trabalham para solucionar o mistério de sua morte, mas será que ela estará preparada pra verdade?

Essa magnifica obra apresenta a história vista do ponto de vista da nossa protagonista, Liz, com isso sentimos a sua surpresa a cada revelação e descoberta. Sua surpresa também é a nossa surpresa. A história se desenvolve a base do mistério, desde a primeira página até a revelação final. Uma história que não deixará você dormir sem criar teorias ou refletir sobre a vida, em quem você realmente confia e faz você se perguntar se deveria cofiar em si mesmo. Seu incentivo a cima de tudo vai ser a curiosidade e a dúvida.

Na minha opinião um livro como esse é raro de encontrar, como se fosse algo que você encontra ao acaso numa prateleira esquecida de uma livraria. Ele explora aspectos da natureza humana através de um thriller psicológico intrigante. Um excelente livro pra fãs de romance e mistério do pós vida, mexendo com sua mente e com o seu coração. Nada muito exagerado, tudo em um perfeito equilíbrio. Nas palavras de Gail Giles “Uma história de fantasmas e de amor que também é um alerta para a vida. Completamente instigante, do começo ao fim.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s