Contos, Sem categoria

Dimensão Contos – Relato da Criação[Parte Final]

PARTE 6

Anos se passaram e a humanidade entrou na Idade Média. Aos poucos os ensinamentos deixados por Emanuel e seus discípulos se perdiam, os conselhos celestes se confundiam com as vontades humanas de poder, domínio, riqueza e manipulação dos mais fracos.

Diversos fatores fizeram o Véu da Realidade se tornar fraco e a Contenção já não mantinha os seres do Astral presos em suas dimensões de origens. Ao meu comando, demônios entravam no Mundo Vivo e possuíam os mortais, logo a Peste Negra começou a assolar as terras dos humanos. Como consequência da desintegração do Véu da Realidade, os Neutros também ganharão forças e aprenderam a drenar poderes oriundos da crença. Isto enfraqueceu o Astral e cada vez menos almas entravam em meus reinos.

Não precisei agir em relação a isto, pois Uriel enviou exércitos inteiros de Celestes para o Mundo Vivo, caçando os Neutros e suas crias híbridas.

Paciente, esperei os portais se fecharem e o sobrenatural ser completamente oculto dos mortais.

Mas a minha paciência incomodou um dos Regentes da Ordem. Miguel foi enviado para o Mundo Vivo como um líder religioso a fim de angariar almas para a Ordem, assim os Celestes drenariam a energia dos mortos puros e conseguiriam ampliar seus poderes.

Oras, em algum momento da Criação Uriel escreveu Leis e eu tinha conhecimento delas, se Miguel podia estar no Mundo Vivo, eu também poderia enviar um dos meus para a dimensão dos vivos.

Ira, um dos meus Sete Generais do Caos, reportou os planos dos Celestes e eu permiti que ele entrasse no Mundo Vivo. Para conseguir almas para o Reino do Caos, Ira e seu exército conseguiram possuir líderes de países e afundar a humanidade em conflitos.

Em 1914, no Mundo Vivo, a Primeira Guerra Mundial aconteceu. Durante 4 anos a dimensão dos mortais forneceu almas de soldados e inocentes para o Astral. Entretanto, a Guerra no Astral entre o Reino da Ordem e do Caos durou aproximados 2 milhões de anos, uma vez que o tempo passa de maneira diferente nas duas dimensões.

Miguel conseguiu banir Ira para o Reino do Caos e estabelecer a paz no Mundo Vivo, se declarando vencedor, embora não tenha conseguido destruir os meus domínios e soldados profanos, embora fosse este o plano.

O que Miguel não esperava era que sua ação acabara desencadeado o conflito derradeiro entre Ordem e Caos, e desta guerra uma profecia fora gerada.

Indignado com a derrota para a Ordem, Soberba, também uma das Sete Generais do Caos, conseguiu atravessar a Contenção e entrar no Mundo Vivo. Usando de suas influências, tomou a mente do maior ditador da história e potencializou seus pensamentos de guerra eminente. Espalhando terror e morte pelo Mundo Vivo, o Véu da Realidade já fragilizado pelos acontecimentos durante centenas de anos foi manchado, cobrindo o mundo como um pano negro fazendo que o Criador, distante no Universo, perdesse por completo o contato com sua obra de maior valor: os humanos.

Em 1939 aconteceu a Segunda Guerra Mundial. Para tentar salvar as almas dos soldados, Uriel trouxe falanges de Celestes para o Mundo Vivo.

Durante 6 anos terrenos, os mortais guerrearam e derramaram sangue. O Reino do Caos aumentou consideravelmente as almas em seus domínios. Com a morte do ditador humano, o Reino do Caos ganhou a alma mais poderosa e profana mortal e isso concedeu a vitória para Soberba.

— Então é esta a profecia, Profano? – disse Aangara, vendo Soberba voltar vitoriosa do conflito com o Reino da Ordem.

— Quando o Mundo Vivo e o Astral guerrearem no mesmo instante começaria a ser definido o futuro da Criação, e desde conflito sairá o vencedor e foi exatamente isto que Miguel proporcionou. Talvez ele esteja muito confiante que poderá destruir o Reino do Caos ao lado dos outros Regentes, mas ele não sabe que temos você. O último filho de Anhaú. O nosso messias. Se soubesse, duvido que ele arriscaria começar esta guerra.

— O que pretende fazer de agora em diante?

— Estamos empatados, um Regente e um General ganhou a disputa, a partir de agora eu tenho soldados agindo no Mundo Vivo. No décimo oitavo ano de existência do corpo escolhido, você se tornará completo, Aangara, a minha promessa feita a você se cumprirá, e com isso trará a vitória para o Reino do Caos. Apenas esperaremos pelo momento certo para a Guerra Final, os Celestes defenderão a Criação e nós, abissais, devolveremos o mundo ao seu reinado primário: As trevas.

 

FIM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s