Cinema, Listas, Sem categoria

Os 5 Melhores Filmes Independentes que Você Precisa Assistir!

Nem sempre grandes filmes conseguem alguém que acredite em seu potencial, além do seu criador e diretor; portanto, muitas vezes, belas histórias acabam não tendo a chance de, sequer, serem contadas no cinema, por falta de orçamento. Mas, ainda existem aquelas que sobrevivem e ganham forma, mesmo com um orçamento baixo e um grande corte de gastos, como por exemplo os atores usarem suas próprias roupas pessoais como figurino durante as filmagens.

Confira agora 5 filmes que passaram por isso e muito mais para poderem existir e, no final, valeu o esforço.

5- O abrigo (Direção: Jeff Nichols, 2011)

Sinopse: Curtis LaForche (Michael Sannon) mora numa pequena cidade de Ohio com a esposa Samantha (Jessica Chastain) e sua filha de seis anos, que possui uma deficiência auditiva. Os dois trabalham pesado para juntar dinheiro para suprir as necessidades especiais da filha e, mesmo passando por algumas dificuldades, eles podem dizer que são felizes. Isso começa a mudar quando Curtis passa a ter pesadelos com uma tempestade apocalíptica e começa a ficar obsessivo. Ele passa a construir um abrigo no quintal e desperta a preocupação da esposa e a desconfiança dos amigos e colegas de trabalho.

O filme foi vencedor do Independent Spirit Awards em 2012, prêmio que prestigia os melhores filmes independentes. O Oscar dos “filmes indi” como são conhecidos. O Abrigo teve ótimas críticas sobre seu enredo, o qual se focou na luta interna do personagem Curtis entre salvar sua família de seus sonhos apocalípticos, ou salvar a si mesmo, deixando de lado toda a expectativa que existia sobre o filme retratar uma família tentando salvar-se do fim dos tempos.

Orçamento: 4,75 milhões USD

Receita: Não informado.

 

4- O Lutador (Direção: Darren Aronofsky, 2009)

Sinopse: O pugilista Randy Robinson já teve seus dias de glória, mas ainda insiste na carreira. Porém, após apanhar muito em uma luta, Randy decide pendurar as luvas e começa a trabalhar em um restaurante para pagar as contas. Ele inicia um relacionamento com uma stripper e tenta se reaproximar da filha. Mas o lutador não consegue resistir à vontade de voltar a lutar e se prepara para retornar ao ringue.

Este filme foi muito impactante para o mundo cinematográfico, porque nele pudemos ver, dentro e fora da tela, o que a fama pode fazer com uma pessoa. O filme mostra em primeira mão a vida do lutador Randy, que consegue uma carreira bem longa em um esporte que demanda juventude. Após o seu tempo como lutador acabar por problemas de saúde, Randy se pega em uma posição frágil, em que tem que trabalhar em um supermercado para conseguir sobreviver enquanto tenta se reaproximar de sua filha. Fora da tela, o ator Mickey Rourke, que interpreta Randy, também era um lutador que teve seu passado glorioso deixado para trás, conseguindo se instalar em Hollywood, apenas para ser deixado para ás de novo, e agora voltando ao estrelato com uma obra que retrata sem querer, alguns aspectos de sua própria vida.

Orçamento:   US$ 6 Milhões

Receita:         US$ 44.703.995

 

3- Preciosa (Direção: Lee Daniels, 2009)

Sinopse: Grávida de seu próprio pai pela segunda vez, Claireece “Preciosa” Jones de 16 anos, não sabe ler nem escrever e sofre abuso constante nas mãos de sua mãe. Instintivamente, Preciosa vê uma chance de mudar de vida quando ela tem a oportunidade de ser transferida para uma escola alternativa. Sob a orientação firme e paciente de sua nova professora, Sra. Rain, Preciosa começa a viagem da opressão para autodeterminação.

Preciosa é um filme de autoconhecimento e valorização do “eu”. Este é um filme para todos assistirem, pois, após assisti-lo, qualquer pessoa repensaria seu modo de agir e ver o mundo. Preciosa é um filme que mostra o quão a vida é injusta com as pessoas, sem razões para isto. Porém, o filme não se trata em si da crueldade das pessoas umas com as outras, o que faz do mundo cruel, mas sim o grande poder de mudança dentro de cada um, mesmo uma vitima em meio a agressão pode mudar o seu mundo, desde que ela tome a iniciativa para isso, agarrando-se nas oportunidades certas.

Orçamento:   US$ 10 milhões

Receita:         US$ 63.647.833

 

 

2- Precisamos Falar Sobre o Kevin (Direção: Lynne Ramsay, 2011)

Sinopse: Eva nunca quis ser mãe e, por isso, tem uma relação complicada com seu filho Kevin. Agora, o adolescente está preso por ter sido o responsável por uma tragédia, e Eva tenta lidar com a sensação de responsabilidade pelo que aconteceu.

Este é mais um filme em que a função não é apenas de contar uma história baseada na realidade, mas sim lembrar da responsabilidade gigantesca que é a criação de um(a) filho(a). Durante quase todo o longa, podemos ver o sofrimento de uma mãe que se culpa por não ter dado tudo de si ao seu filho, do qual tinha uma distância em seu relacionamento parental e, após o filho cometer um terrível crime, ela se vê em uma situação de culpa, por não ter feito algo para impedir aquilo, sentindo o peso que é educar uma vida e, em seu entendimento, a dor de ter falhado e suas consequências.

Orçamento:   US$ 7.000.000 (estimado)

Receita:         US$6.038.942 milhões

 

 

1- Cães de Aluguel (Direção: Quentin Tarantino 1992)

Sinopse: Um criminoso reúne seis bandidos para um grande roubo de diamantes. Algo sai errado e um deles é ferido durante o roubo e os bandidos precisam descobrir quem foi que os traiu, o que gera enorme tensão no grupo e enfraquece a todos.

Cães de aluguel foi o primeiro filme do diretor Quentin Tarantino, o qual o afirmou de vez em Hollywood, já tendo grande prestigio em seu primeiro projeto. Cães de Aluguel foi um marco para a indústria de Hollywood, pois mostrou como era possível fazer um filme enorme em escalas de qualidade, mesmo com pouco orçamento, além de que o longa é praticamente filmado em apenas 1 cenário, um galpão, que é onde os personagens se escondem após a fracassada tentativa de assalto.

Orçamento:   US$ 1,2 milhões

Receita:         US$ 2.832.029


Pois é, meus amigos. Matheus Grangeiro trouxe uma lista que prova que pra fazer um grande filme não precisa-se, necessariamente, de muita grana.  Achou que faltou algo à lista? Comenta aí!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s